Quais as tendências para o mercado de captação de recursos?

/Quais as tendências para o mercado de captação de recursos?
Quais as tendências para o mercado de captação de recursos? 2018-05-23T14:16:52+00:00

Alguns novos temas que estão movimentando o setor:

Organizações Sociais Conectadas: Segundo o livro “The Networked Nonprofit”, de Beth Kanter e Allison Fine, uma Organização Social Conectada é a organização que usa as redes sociais e a tecnologia das mídias sociais para ampliar significativamente a extensão de seu alcance, suas habilidades e sua efetividade. Vale a pena a leitura do livro, que em português saiu editado com o título “Mídias Sociais Transformadoras”;

Agentes Livres de Captação de Recursos: Uma tendência, potencializada pela tecnologia, é fazer com que pessoas possam captar recursos com sua rede de amigos para uma determinada causa. Já existem sites com ferramentas para que qualquer indivíduo possa pedir para seus amigos que, ao invés de darem presentes em seu aniversário, doem o valor do presente para determinada ONG/OSC, entre outras modalidades de ação.

Ativismo+Comunicação+Captação = Engajamento: Também a tecnologia ampliou muito as possibilidades de que indivíduos possa ser mais do que doadores, mas possam ativamente defender suas causas, disseminando informações, assinando petições, fazendo pressão por mudanças de leis etc. Uma grande tendência no campo da captação de recursos é a integração das ações de ativismo com captação de recursos.

Negócios Sociais: Os negócios sociais ou negócios de impacto também são uma grande onda que surge no final do Século XX e tem entre seus precursores o Prêmio Nobel da Paz Muhammad Yunus. Ainda em fase de maturação e de definição de conceitos, o tema vem atraindo muito a atenção de Fundações Empresariais, ONGs e especialmente uma nova geração de jovens interessados em compatibilizar lucro com propósito.

Crowdfunding: Também chamado de financiamento coletivo no Brasil, o crowdfunding tem atraído a atenção de artistas independentes, escritores, bandas, pequenos empreendedores, movimentos e organizações sociais que pretendem desenvolver algum projeto e usam seus relacionamentos e uma plataforma online para levantar recursos. Artigo recente da Forbes afirma que em 2013 foram arrecadados num mundo U$ 5 bilhões em plataformas de Crowdfunding. No Brasil, existem inúmeras plataformas de Crowdfunding – Catarse, Kickante, Juntos.com, Benfeitoria, entre outras.

Contribuição – Rodrigo Alvarez/Membro Colaborador da REDE PAPEL SOLIDÁRIOS.

“A Rede Papel Solidário tem sido muito importante e eficiente no suporte que deu à AAC na reformulação de nosso estatuto e regimento. E que nos dá no dia a dia em todas as nossas mais diversas consultas!”

Adelnice dos Santos Naime, Amigos do Coração
“A Rede Papel Solidário auxiliou a minha organização social na realização de ações solidárias, de ajuda mútua e filantrópicas, além de auxilio jurídico na elaboração de documentos para os órgãos públicos e relatórios anuais prestando contas das atividades que nossa instituição concede. Agradecemos todo apoio e conhecimento que a Rede Papel Solidário oferece a nossa comunidade, sem dúvidas tem sido imprescindível.”
Ivanildo de Oliveira Junior, União de Moradores

“A Rede Papel Solidário foi importante/ou auxiliou a minha organização social a estruturar estrategicamente e juridicamente nosso desenvolvimento.”

Gabriel Menezes, Instituto AUÁ
“A Rede Papel Solidário auxiliou a minha organização social ​a semear em solo fértil (Paixão), nascer com estrutura e processos (Valores) ​e colher com responsabilidade (Ética). É um exemplo de Generosidade traduzido em Trabalho Social.”
Alexandre Cesar da Fraga Pinheiro Junior, ECODAN
“A Rede Papel Solidário foi importante e auxiliou a Conviver na reestruturação administrativa, nos ajudando e orientando a traçar novos caminhos dentro do terceiro setor.”
Silvana Gramignoli, Conviver - Associação para integração ao jovem especial
Entrar em Contato

Fale Conosco

Conte com especialistas e consolide sua Organização!
Entrar em Contato