Projeto oferece atendimento psicológico a mulheres vítimas de violência

//Projeto oferece atendimento psicológico a mulheres vítimas de violência

Divulgação

 

A cada dois segundos, uma mulher é vítima de violência física ou verbal no Brasil, de acordo com o portal Relógios da Violência, do Instituto Maria da Penha. E a violência, muitas vezes, é praticada por parceiros da vítima: três em cada cinco mulheres jovens, de 16 a 24 anos, já sofreram violência em relacionamentos, segundo uma pesquisa do Instituto Avon.

Os abusos contra a mulher podem acontecer de diversas formas, sejam elas física, moral, psicológica, sexual ou patrimonial e econômica. Para ajudar mulheres vítimas dessas violências, o projeto Junto Somos Fortes oferece atendimento psicológico gratuito.

O projeto oferece 4 sessões de atendimento psicológico gratuito para mulheres vítimas de qualquer tipo de violência e, após essas sessões, caso queira continuar, a paciente paga um valor simbólico. Esse valor simbólico é definido de acordo com a condição da mulher e, caso ela não tenha como pagar, as consultas continuam sendo realizadas de forma gratuita.

A iniciativa surgiu no dia 8 de março deste ano e foi criada pela psicóloga Ana Clara Ulian Ivok, de 25 anos. Ana Clara conta que já foi vítima de violência doméstica e que quis usar sua profissão para ajudar outras mulheres que passaram pelo mesmo. “Eu comecei a atender essas mulheres para ajudá-las a superar esses traumas”, explica. Ela também destaca que a maioria das mulheres atendidas não trabalha e que o valor simbólico cobrado após as primeiras sessões são mais para uma ajuda de custo.

Os atendimentos são realizados de maneira online ou presencial em Monte Alto, Ribeirão Preto e Taubaté (municípios de São Paulo), Cascavel (Paraná) e Nova Iguaçu (Rio de Janeiro). As interessadas devem entrar em contato pelo telefone/ WhatsApp: 16 99763-4629.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Observatorio3Setor

2019-04-02T10:31:58+00:00