Como devo prestar contas de uma OSCIP?

/Como devo prestar contas de uma OSCIP?
Como devo prestar contas de uma OSCIP? 2018-05-23T13:54:33+00:00

Através da Portaria MJ nº 362/2016 o Ministério da Justiça desativou o CNES – CADASTRO NACIONAL DE ENTIDADES SOCIAIS, que era até então, o Sistema de Prestação de Contas das Associações sem fins lucrativos qualificadas de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Publico.

Dessa forma, as associações sem fins lucrativos qualificadas junto ao Ministério da Justiça como OSCIP, não estão mais sujeitas a  qualquer prestação de contas para garantir a manutenção de sua qualificação, restando somente a necessidade de manter o cadastro atualizado no Ministério da Justiça.

Com o fim do CNES a certidão que comprova que a associação sem fins lucrativos é qualificadas de OSCIP será emitida pelo Ministério da Justiça no http://protocoloeletronico.mj.gov.br.

As associações qualificadas como OSCIP devem informar ao Ministério da Justiça, sempre que realizarem alterações no estatuto social que afetem seu funcionamento tais como:

  • Alteração do endereço da associação;
  • Alteração da razão social;
  • Alteração  de finalidades estatutárias, entre outras.

Tais informações podem ser encaminhadas via postal:

Endereço do Protocolo do Ministério da Justiça •

Esplanada dos Ministérios, Palácio da Justiça, Bloco T • CEP 70064-900 • Brasília – DF

Ou eletronicamente através do protocolo eletrônico acima citado.

Como pode concluir, é de suma importância que sua associação sem fins lucrativos, através de seu representante legal, faça seu cadastro eletrônico junto ao Ministério da Justiça, garantindo assim o relacionamento correto e rápido com esse importante órgão da esfera federal.

Ainda cabe informar que a prestação de contas relativas ao TERMO DE PARCERIA firmado com entes públicos deve ser prestada diretamente no  órgão contratante, seguindo as normas do referido Termo de Parceria.

Finalizando ainda informamos que a associação sem fins lucrativos, qualificada como OSCIP  na esfera federal, pode obter uma certidão do Ministério da Justiça mas não uma certidão chancelando suas atividades e sim será expedida a pedido do representante da OSCIP, especificamente para fins de celebração de TERMO DE PARCERIA  com o poder público e atestará somente a permanência da situação de associação qualificada.

Acesse a Portaria MJ nº 362/2016 em: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=03/03/2016&jornal=1&pagina=16&totalArquivos=120

“A Rede Papel Solidário tem sido muito importante e eficiente no suporte que deu à AAC na reformulação de nosso estatuto e regimento. E que nos dá no dia a dia em todas as nossas mais diversas consultas!”

Adelnice dos Santos Naime, Amigos do Coração
“A Rede Papel Solidário auxiliou a minha organização social na realização de ações solidárias, de ajuda mútua e filantrópicas, além de auxilio jurídico na elaboração de documentos para os órgãos públicos e relatórios anuais prestando contas das atividades que nossa instituição concede. Agradecemos todo apoio e conhecimento que a Rede Papel Solidário oferece a nossa comunidade, sem dúvidas tem sido imprescindível.”
Ivanildo de Oliveira Junior, União de Moradores

“A Rede Papel Solidário foi importante/ou auxiliou a minha organização social a estruturar estrategicamente e juridicamente nosso desenvolvimento.”

Gabriel Menezes, Instituto AUÁ
“A Rede Papel Solidário auxiliou a minha organização social ​a semear em solo fértil (Paixão), nascer com estrutura e processos (Valores) ​e colher com responsabilidade (Ética). É um exemplo de Generosidade traduzido em Trabalho Social.”
Alexandre Cesar da Fraga Pinheiro Junior, ECODAN
“A Rede Papel Solidário foi importante e auxiliou a Conviver na reestruturação administrativa, nos ajudando e orientando a traçar novos caminhos dentro do terceiro setor.”
Silvana Gramignoli, Conviver - Associação para integração ao jovem especial
Entrar em Contato

Fale Conosco

Conte com especialistas e consolide sua Organização!
Entrar em Contato