Nepal proíbe a presença de plásticos descartáveis no Everest

/, Nosso Planeta, Sustentabilidade/Nepal proíbe a presença de plásticos descartáveis no Everest

No início deste ano, uma equipe de alpinistas que fazia trabalhos de limpeza retirou mais de 11 toneladas de lixo do Monte Everest, um dos lugares mais remotos do planeta. A montanha mais alta do mundo atrai milhares de escaladores todos os anos, mas a preocupação ambiental nem sempre acompanhou o crescente movimento turístico. Como consequência, o governo do Nepal acaba de proibir a presença de plásticos descartáveis na região.

platico proibido everest 1

A proibição passa a valer em janeiro de 2020 e inclui todos os tipos de plástico – como sacolas, garrafas, canudos, garrafas de água e embalagens de alimentos, o que limitará bastante os visitantes, que serão obrigados a encontrar soluções sustentáveis para os dias de aventura. Radical, porém essencial, a medida é a única maneira de conter turistas sem educação, que vão deixando rastros conforme fazem a trilha.

O turismo representa cerca de 5% do PIB do país, mas a cada expedição de limpeza o governo investe cerca de US$ 200 mil. Por isso, o Nepal lançará a campanha ‘Visit Nepal’ no próximo ano, atraindo mais de 2 milhões de turistas para a região.

Segundo especialistas, a jornada para o Everest dura cerca de 50 dias e o investimento não sai por menos de R$ 185 mil –  incluindo a passagem de avião e a taxa paga ao governo para obter a permissão de escalada. Com a promessa de receber ainda mais pessoas ávidas para alcançar o cume da montanha mais alta do mundo, o banimento do plástico se faz mais do que necessário.

platico proibido everest 4

 

 

 

 

 

Fonte:Hypeness

Crédito de Imagem: Reprodução 

2019-08-31T11:26:59+00:00