LANÇADO BANCO DE VAGAS DO TERCEIRO SETOR PELO GIFE.

//LANÇADO BANCO DE VAGAS DO TERCEIRO SETOR PELO GIFE.

A fim de promover o encontro entre as pessoas que desejam atuar no campo social e as organizações que buscam profissionais para seus quadros, está no ar o novo Banco de Vagas do GIFE.

 

José Marcelo Zacchi, secretário-geral do GIFE, explica que o desenvolvimento do Banco de Vagas é a evolução de um serviço que o GIFE vem ofertando há bastante tempo, até então por meio de parcerias com sites que prestam ferramentas e serviços similares.

 

Desde 2011, a iniciativa contava com a parceria técnica do site Vagas.com. De lá para cá, o Mural de Oportunidades se transformou em uma comunidade composta por organizações da sociedade civil, empresas, fundações e institutos e profissionais qualificados em todo o Brasil.

 

“Seja pelas impossibilidades nos termos ou no ferramental desses sites de seguir nesse formato, seja pela demanda e intensidade de uso que a ferramenta adquiriu, nós entendemos que seria valioso fazer esse forço de desenvolvimento para que a gente pudesse ter uma ferramenta customizada e adequada às necessidades do GIFE e do setor”, explica o secretário.

 

O Banco

O novo projeto modernizou o já tradicional Mural de Oportunidades em forma, conteúdo e ferramental. O espaço é gratuito e aberto a todas as organizações do terceiro setor que desejam contratar profissionais.

 

A nova versão conta com uma ferramenta para publicação dos anúncios pelas próprias instituições contratantes. Basta cadastrar a organização e postar o anúncio, que passa por uma simples aprovação do GIFE para garantir o alinhamento da vaga ao perfil social.

 

O instrumento demanda o detalhamento da vaga a partir de informações como tipo, nome e CNPJ da organização; estado e município onde se localiza a oportunidade; cargo, breve descrição das atividades, informações sobre requisitos e prazo para candidatura; entre outras.

 

Sentido estratégico

Na perspectiva do GIFE, o propósito da ferramenta se cumpre de duas maneiras. A primeira diz respeito a dar conta de um papel que a instituição tem desempenhado ao longo de sua trajetória que é ser, em diversas dimensões, um ponto de referência para o campo do Investimento Social Privado (ISP). Uma plataforma para o fluxo de informações e de cooperação para o fortalecimento do setor, em sentido específico, e da sociedade civil e do terceiro setor, no sentido amplo.

 

Isso vai desde todo o esforço de produzir e fomentar reflexões estratégicas e frentes de cooperação para o aprimoramento de práticas em geral até o provento de serviços e ferramentas que ajudam a dar eficiência, dinamismo e atender a demandas do campo. É o caso da pesquisa salarial e do Censo GIFE, iniciativas que promovem benchmarking e a compreensão da estrutura organizacional e de funcionamento do setor que propicia o aprimoramento das várias instituições a partir da visão geral do campo, além de espaços de encontro tais como as redes temáticas e o banco de vagas, que cria um ponto de referência para oferta e busca de oportunidades.

 

Mariana Moraes, gerente de comunicação do GIFE, salienta o sentido estratégico da iniciativa, que se traduz no cultivo e na expansão de uma comunidade do terceiro setor. “Essa comunidade é o mais importante, independente de se materializar na oferta e na busca de vagas, nas chamadas e editais ou nas notícias e eventos do setor. Tudo isso cumpre com o papel de fortalecer o campo.”

 

Para José Marcelo, esse fortalecimento passa pela qualidade institucional das organizações nas várias dimensões – gestão, governança, transparência, avaliação, comunicação, efetividade, qualidade dos projetos, grantmaking, etc. -, mas também pela possibilidade de atrair pessoas qualificadas para o setor e oportunizar que elas possam transitar, desenvolver suas carreiras, ocupar espaços, realizar suas capacidades e talentos nas várias organizações do campo e, ao fazer isso, constituir uma comunidade que possa dar conta das diversas tarefas e demandas das organizações do terceiro setor.

 

“Impulsionar isso tem sido ao longo dos anos uma tarefa importante e a gente vai criando esse ambiente profissional que, por sua vez, dialoga com o ambiente de profissionalização do terceiro setor. Poder contar com ferramentas como o Banco de Vagas para além de tudo mais que o GIFE vem desenvolvendo é importante para que a gente possa contribuir e caminhar sempre mais nessa direção.”

2018-10-24T09:26:18+00:00