Iniciativa visa melhorar educação de crianças quilombolas no Brasil

/, News, Solidariedade/Iniciativa visa melhorar educação de crianças quilombolas no Brasil

O Instituto Avon Brasil investirá cerca de 100 mil dólares no Fundo Malala com o objetivo de treinar professores e líderes comunitários de 15 comunidades quilombolas brasileiras.

A iniciativa, que pode beneficiar mais de 3 mil meninos e meninas, busca trabalhar pelo direito a uma educação gratuita e de qualidade para a população quilombola.

A parceria possui como meta conscientizar essa parcela da sociedade sobre temas como oportunidades iguais para ambos os sexos, independência e empoderamento para as meninas.

Com base nos dados da UNESCO, o Fundo Malala estima que cerca de 130 milhões de garotas no mundo estejam fora da escola.

Para chegar até as comunidades quilombolas, o Centro de Cultura Luiz Freire, que é parceiro do Fundo Malala no Brasil, vai atuar na promoção de serviços educacionais, com a meta de repensar políticas públicas para os quilombolas, através de um trabalho social para desenvolver novas lideranças comunitárias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Texto: Artur Ferreira

Fonte: Observatorio3Setor

2019-08-02T18:41:23+00:00