Estudantes brasileiros criam fralda biodegradável feita de mandioca

/, Nosso Planeta, Sustentabilidade/Estudantes brasileiros criam fralda biodegradável feita de mandioca

Estudantes com idades entre 15 e 16 anos do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT)desenvolveram uma fralda feita de amido de mandioca. O modelo biodegradável visa substituir as fraldas de plástico comum.

Os responsáveis pela novidade são alunos do curso técnico integrado ao ensino médio do IFMT nas áreas de Meio Ambiente, Comérico e Agropecuária. As fraldas ecológicas ganharam o nome de ToperBio.

Tudo surgiu como um desafio trazido pelo professores Aloizio Farias, orientador do grupo. Como seu pai sofre de Alzheimer, o idoso precisa utilizar fraldas geriátricas. Por outro lado, o professor se preocupava quanto ao descarte deste produto, conforme contou o estudante Wanderson Perondi em um vídeo publicado pelo Facebook.

Foi então que o grupo decidiu pesquisar maneiras de substituir o plástico nas fraldas por uma alternativa mais natural. O plástico convencional é um polímero sintético obtido a partir do petróleo, enquanto a alternativa encontrada pelos jovens trata-se de um polímeto natural, feito de amido da mandioca.

Conforme a estudante Mariana Nunes contou ao site Conexão Planeta, a mandioca foi escolhida por ser abundante na região. Segundo os cálculos do grupo, as fraldas da Toper Bio seriam capazes de se decompor no meio ambiente em cerca de seis meses e seu custo unitário é de aproximadamente R$ 1,40. Entretanto, o valor poderia cair com uma potencial produção em escala.

Com a invenção, eles conquistaram o segundo lugar na Maratona Células Empreendedoras MT 2017. O sucesso fez com que entrassem com o pedido de patente do produto e já há inclusive empresas interessadas em parcerias e propostas de financiamento externo para o projeto.

 

 

 

Fotos: Reprodução Facebook

Fonte: Hypeness Brasil

2019-08-08T19:33:00+00:00